Você nem sentiu e o Google+ saiu do ar

O Google prometeu: dia 2 de abril, o Google+, sua rede social criada para bater de frente com o Facebook – e que custou a existência do Orkut, lembra? – iria sair do ar. Dito e feito.

E ainda foi antecipado. Para quem não lembra, em outubro de 2018 o Google anunciou que iria extinguir a rede em agosto desse ano, mas nesse meio tempo mais problemas com dados foram descobertos e a gigante das buscas resolveu antecipar o encerramento da rede. Ficou para 2 de abril. Hoje.

Quem entrar no seu perfil do Google+ vai simplesmente encontrar isso aqui:

O Google disponibilizou esta página de ajuda para que os usuários possam fazer backup de tudo aquilo que postaram lá, com instruções e links. Isso deve ser feito antes que o Google apague todos esses dados, o que deve levar meses.

Algumas funções do Google+ devem continuar vivas para quem usa o G Suite, plataforma do Google para empresas, o que o Google define como um recurso para a troca de ideias entre as pessoas de uma organização.

É, Google+, foi bom enquanto durou. Quem teve, teve, quem não teve, não teve mais, e lá se vai mais um serviço para o limbo da Internet…

Você nem sentiu e o Google+ saiu do ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo