WordPress já trabalha no desenvolvimento da versão 5.1

Depois do lançamento da versão 5.0, com a inclusão do novo editor de texto – o Gutenberg -, o WordPress volta suas atenções para a versão 5.1 do CMS, dessa vez com mudanças pontuais e correções de erros.

O foco do WordPress 5.1, além da correção de erros, é ajudar os responsáveis pelos sites a resolver aqueles erros que ele pode resolver mais facilmente. Não para menos uma das metas da plataforma é ir mesclando o plugin Site Health Check ao Core (traduzindo: incluir o plugin dentro do núcleo do CMS, em vez de estar separado), para que problemas sejam melhor identificados e resolvidos com mais facilidade.

Pela primeira vez, o WordPress irá capturar e pausar o código do problema, para que você possa fazer login no seu Painel e ver qual é o problema (# 44458). Antes, você teria que enviar FTP para seus arquivos ou entrar em contato com seu host.

Blog do WordPress.org

Outra mudança está na configuração mínima de PHP exigida para o WordPress funcionar: o PHP mínimo exigido será 5.6; abaixo disso, o WordPress notificará o site para que o seu proprietário atualize o PHP. Se isso não for feito manualmente na hospedagem, recomenda-se entrar em contato com a empresa de hospedagem.

Além disso, segundo o blog WP Tavern, o WordPress 5.1 também deve apresentar algumas atualizações para os desenvolvedores, incluindo a capacidade de substituir o sistema cron por um manipulador de cron personalizado, definir um local personalizado para WP_DEBUG_LOG, uma nova wp_blogmeta tabela e algumas outras alterações. 

Essas e outras novidades foram apresentadas no Beta 1 da plataforma, mas eles são rápidos e já disponibilizaram um Beta 2, com as seguintes mudanças e erros corrigidos:

  • Vários ajustes finos e correções de erros relacionados ao projeto Diagnóstico foram feitos.
  • Os filtros pre_render_block e render_block_data foram adicionados, permitindo que plugins sobrescrevam o valor dos atributos de um bloco (#45451, nota para desenvolvedores em breve).
  • A função get_template_part() agora retorna um valor indicando que um arquivo foi encontrado e carregado (#40969).
  • Agora um aviso será gerado quando desenvolvedores registrarem incorretamente endpoints na API REST (nota para desenvolvedores relacionada).
  • Posts editados em massa não têm mais seu formato alterado sem que haja intenção (#44914)
  • A biblioteca Twemoji foi atualizada para a versão mais recente, 11.2.0 (#45133).
  • Um erro que impedia a ativação da metabox de campos personalizados foi corrigido (#46028).
  • O tratamento do valor de orderby para post__inpost_parent__in e post_name__in foi padronizado (#38034).
  • Ao atualizar pacotes de idiomas, pacotes antigos agora são corretamente excluídos, evitando uso desnecessário de espaço em disco (#45468).

O Beta 2 já está disponível para download, e é recomendável adicionar em ambientes de desenvolvimento, não num site valendo.

Ainda deve sair um ou dois release candidates – ou até um terceiro beta – antes do lançamento oficial do WordPress 5.1, previsto para 21 de fevereiro.

Nunca é demais lembrar que a 612 Comunicação continua acompanhando e testando as versões futuras do WordPress, de modo a oferecer uma experiência melhor para os seus clientes.

Solicite uma proposta de orçamento de site agora mesmo com a gente! Entre em contato através da nossa página aqui no #site612.

WordPress já trabalha no desenvolvimento da versão 5.1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo